Só sei que nada sei. Talvez não seja bem assim, mas as dúvidas e incertezas são uma constante.

Quarta-feira, 20 de Maio de 2009
Deseducação sexual

Não tenho dúvidas de que a aluna que gravou a célebre aula de uma professora da Escola Sá Couto prestou um bom serviço à escola, à educação e mesmo ao país. Que seja interdito o uso de gravadores nas aulas é compreensível, mas neste caso a gravação serviu para denunciar o que merecia ser revelado e denunciado. Por isso parece-me secundário que a gravação, nas condições em que foi feita, seja um "meio de prova ilícito". Pois se o Ministério Público dá atenção, e bem, a acusações anónimas, que como meio de prova são evidentemente irrelevantes, esta denúncia da actuação da professora deve ser investigada, seja ou não a gravação legalmernte probatória. Não faltam testemunhas.



publicado por Pedro Freire às 23:52
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

Deseducação sexual

arquivos

Agosto 2013

Julho 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

tags

todas as tags

favoritos

Por quem dobram os carril...

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds